Entenda o que é o juramento de formatura e como é feito

6 minutos para ler

Se você já foi a uma colação de grau, com certeza já viu o juramento de formatura. Essa é um formalidade muito importante da cerimônia e que não pode ficar de fora. Afinal, é por meio dele que o formando promete cumprir o seu dever na profissão seguindo os princípios da ética.

Por ser um momento muito esperado tanto pelos alunos quanto por seus familiares e amigos, os membros da comissão precisa estar por dentro do que é essa solenidade, como ela é feita e em qual momento. Já sabe tudo isso? Bom, se a colação está chegando e você não faz ideia do que representa, não tem problema, a gente ajuda você!

Neste post, trouxemos informações valiosas e que você precisa saber para dar tudo certo no juramento de formatura. Está preparado? Então vamos lá!

Graduation GIF by Florida State University - Find & Share on GIPHY

O que é o juramento de formatura?

Enquanto no período da faculdade a gente se permite diversão em meio aos estudos, na vida profissional a coisa é mais séria. A colação de grau é o marco do fim de um ciclo importante e do início de uma carreira, e é o juramento de formatura que lembra isso pra você.

Ele tem o objetivo de fazer com que os formandos prometam publicamente ser responsáveis com a profissão, honrando o diploma e seguindo os princípios da ética de cada curso. É um compromisso firmado de prestigiar o ofício e exercê-lo com dignidade e respeito ao ser humano.

A intenção é que o recente profissional busque se recordar desse momento sempre que for necessário para ter uma trajetória de sucesso impecável. No fim das contas, são os benefícios que prestamos à sociedade que nos fazem um bom especialista.

Quando e como ele é feito?

Como dissemos, o juramento de formatura é feito durante a colação de grau por um aluno escolhido pela turma para ser o juramentista. Sobre o discurso, é importante verificar com a Instituição de Ensino qual é o juramento específico para o seu curso, pois cada um tem o seu com promessas peculiares.

No entanto, ele pode ser personalizado pelo próprio juramentista, desde que contenha os direitos e os deveres da profissão considerando a ética e o respeito aos demais. Não é preciso nem dizer que essa não é a hora para piadinhas ou algo do tipo, não é mesmo?

E como é feito o juramento? O mestre de cerimônia é quem guiará os formandos de acordo com os rituais da solenidade. Por isso, para a turma não ficar perdida, repasse a ordem que as formalidades acontecerão e informe o que será feito em cada uma delas, inclusive do juramento, que geralmente é feito antes da entrega dos diplomas.

Nesse momento, os alunos devem ficar de pé e com a mão direita levantada na vertical ao lado do rosto ou na horizontal com os braços esticados. O juramentista deve recitar o juramento com clareza e pausadamente para que os alunos repitam cada frase.

Para que tudo saia nos conformes é interessante fazer um ensaio com os formandos para que todos saibam a ordem dos acontecimentos, a posição da mão e até mesmo conhecer o próprio juramento. Além disso, não custa lembrá-los para fazerem silêncio e evitarem conversas paralelas e só falarem nas horas certas.

Qual é a diferença do juramentista e do orador?

O orador e o juramentista são escolhidos entre os próprios formandos. Por isso é importante saber a função de cada um a fim de fazer a opção mais acertada. O primeiro é o que fará o discurso de abertura contando os desafios e as vitórias que a turma passou para chegar até o presente momento.

Sendo assim, falar bem e ser desenvolto na frente das outras pessoas é fundamental, mas não é só isso. É primordial que ele também saiba trabalhar bem com as palavras, pois como é ele quem escreverá o discurso, deve ter a sensibilidade de captar e transmitir as emoções da turma nesse grande dia.

Já o segundo é o que lerá o juramento do curso perante a todos durante a colação. As características desse aluno, além de boa oratória, é saber repassar a seriedade do momento e ter um tom firme. Lembrando que a leitura deve ser pausada para que os alunos repitam. Então, aquele apressadinho pode não ser a melhor opção.

O que muda no juramento de cada curso?

Na hora de criar o juramento de formatura é importante seguir as especificidades do curso. Existem características que devem ser mantidas e outras que podem ser alteradas. O tamanho do discurso varia e é comum citar o código de ética da profissão. Enquanto uns são mais simples, outros podem incluir a natureza, a pátria e o desenvolvimento social.

Por exemplo, nas áreas biológicas, o juramento promete honrar e defender a vida. Nos cursos de medicina, o texto também fala do uso consciente da tecnologia. Os formandos de engenharia juram a ética, a segurança e o senso de justiça. Já os que cursam a área criativa, como design gráfico e cinema tendem a honrar o patrimônio cultural da sociedade.

Esses foram apenas alguns exemplos entre tantos juramentos. Na internet você pode encontrar diversos juramentos prontos que podem servir como base para o da sua formatura. Lembrando que é fundamental verificar com a Instituição de Ensino a possibilidade de modificar o texto.

O juramento de formatura é uma parte importante e emocionante da colação de grau. É naquele momento que você e seus colegas de classe prometerão cumprir as funções do ofício com ética e respeito à profissão e às pessoas da comunidade. Por ser uma solenidade muito esperada por todos os presentes, é fundamental escolher um juramentista que consiga transmitir a seriedade e a emoção dessa formalidade. Se você é membro da comissão, certifique-se de fazer a melhor escolha para que saia tudo como o esperado.

Gostou do nosso post? Saiba que nas nossas redes sociais você encontra dicas tão incríveis quanto essas, além de conhecer mais um pouco sobre o nosso trabalho. Então nos siga e confira tudo diretamente no seu feed de notícias. Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter!

Ucf Knights Graduation GIF - Find & Share on GIPHY

Comments

comments

Posts relacionados

Deixe um comentário